Estudiar en España - Étudier en Espagne - Studieren in Spanien - Study in Spain - Undersøgelse i Spanien

Best Computer Ever!!! It's feminin...
Reis de Portugal - 34 - 4º DINASTIA - D. Carlos - O Diplomata
de Administrador AESIL - Sunday, 21 de April de 2013, 14:17
 

O início do reinado de D. Carlos ficou marcado pelo ultimato inglês de Janeiro de 1890. Na Conferência de Berlim, realizada em 1885, Portugal tinha apresentado o seu mapa cor de rosa, reivindicando para si os territórios de Angola a Moçambique. Tais intenções iam, no entanto, contra os objectivos ingleses de terem um Império em África que ligasse o Cairo à cidade do Cabo. Com o ultimato inglês, Portugal recuou e deixou-se ficar com Angola e Moçambique. Esta transigência na política africana não foi bem aceite na época, cada vez mais marcada por fortes sentimentos nacionalistas. 

O partido republicano, então emergente, consegue captar essa massa descontente e provoca, em 31 de Janeiro de 1891, uma primeira revolução com a intenção de derrubar a Monarquia. A revolta falha, mas a ferida fica. D. Carlos, foi um belíssimo diplomata, conseguindo que Portugal fosse reconhecido e ouvido pelas potências europeias. No entanto, a nível interno, não foi bem sucedido, tendo inclusive, cometido vários erros. Um deles, terá sido a aceitação da chamada ditadura de João Franco, que acabou por ser uma última tentativa, desesperada, de restabelecer o prestígio e credibilidade de um regime que agoniava dia para dia. D. Carlos, foi assassinado, juntamente com o seu filho mais velho, no dia 1 de Fevereiro de 1908, na Rua do Arsenal, em Lisboa. Sucede-lhe, D. Manuel II.